O Presidente da Ufotable é Considerado Culpado por Sonegação de Impostos

O Presidente da Ufotable é Considerado Culpado por Sonegação de Impostos

O Tribunal de Tóquio considerou culpado o fundador, diretor representante e presidente do estúdio de animação Ufotable. Hikaru Kondo, é acusado de violar a Lei Tributária Corporativa e a Lei Fiscal de Consumo pelo não pagamento de 138 milhões de ienes (cerca de 1,25 milhão Dólares) em impostos. Ele foi condenado a 20 meses de prisão, mas a pena está suspensa por três anos (ou seja, se Kondo permanecer em boa conduta por três anos, ele não cumprirá a pena).

O Presidente da Ufotable é Considerado Culpado por Sonegação de Impostos

O tribunal comentou que a esposa de Kondo, que atuava como contadora da empresa, estava relutante em manipular a declaração de impostos da empresa, mas Kondo insistiu, mostrando uma "forte intenção" de cometer fraude.

No site oficial da empresa, a Ufotable emitiu um comunicado em que reconheceu a sentença, pediu desculpas aos seguidores do estúdio e a todas as partes relacionadas e afirmou que aproveitará o incidente como uma oportunidade para avançar rumo a um nível de produção mais sustentável que será mantida dentro dos limites legais.

Kondo admitiu as acusações em uma audiência preliminar no Tribunal de Tóquio no dia 17 de setembro 2021. Durante a mesma audiência, Kondo apresentou um pedido de desculpas, admitindo que pensava que sua sonegação de impostos "não traria problemas para a Ufotable". A promotoria disse em seu comunicado de abertura que Ufotable e Kondo esconderam parte da receita da cafeteria e mercadorias da empresa entre 2015 a 2018 para amortecer futuras quedas nos negócios. 

fonte: ANN
Manual do Otaku

"Uma chance num milhão é melhor que nenhuma chance!" – Dragon Ball

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem