Fullmetal Alchemist e No Game No Life Zero deixarão o catálogo da Netflix

Fullmetal Alchemist e No Game No Life Zero deixarão o catálogo da Netflix

Após mais de três anos no catálogo da Netflix, a plataforma anunciou que as séries Fullmetal Alchemist e Fullmetal Alchemist: Brotherhood sairão do seu catálogo no dia 31 de dezembro 2021. A notícia não deixou os fãs felizes, que agora terão que maratonar os animes em menos de trinta dias ou assistir a série em outras plataformas como Crunchyroll e Funimation. Vale destacar que o filme No Game No Life Zero também sairá do catálogo no dia 5 de dezembro 2021.

Fullmetal Alchemist e No Game No Life Zero deixarão o catálogo da Netflix

Fullmetal Alchemist e No Game No Life Zero deixarão o catálogo da Netflix

A autora de Fullmetal AlchemistHiromu Arakawa, começou a publicação do mangá na revista Monthly Shonen Gangan da editora Square Enix em julho de 2001 e a encerrou em junho de 2010. A editora compilou o trabalho em um total de 27 volumes. A série mangá é uma das mais vendidas de toda a história, com mais de 80 milhões de cópias vendidas em todo o mundo. O mangá foi adaptado para anime duas vezes, a primeira em 2003 intitulada Fullmetal Alchemist e a segunda em 2009 e intitulada Fullmetal Alchemist Brotherhood.

Sinopse de Fullmetal Alchemist

Depois de perderem sua mãe, Alphonse e Edward Elric tentam trazê-la de volta usando uma técnica de alquimia proibida. Contudo, o princípio básico da alquimia é a ‘troca equivalente’, e tentar ressuscitar alguém custa muito alto. Ed perde sua perna, e Al perde seu corpo. Ed consegue selar a alma de Al dentro de uma grande armadura metálica, dando em troca seu braço. Anos depois, Ed (com dois membros de metal) e Al (ainda preso na armadura) deixam a sua cidade natal. Ed, que possui um talento nato para a alquimia, se torna um alquimista com certificado nacional, e logo passa a ser chamado de ‘full metal alchemist’. Mas o verdadeiro objetivo dos irmãos é encontrar a pedra filosofal, na esperança de recuperarem os seus corpos originais.

fonte: netflix
Manual do Otaku

"Uma chance num milhão é melhor que nenhuma chance!" – Dragon Ball

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem