Ousama Ranking foi Suspenso em Inglês por "Roubar" as Traduções dos Fãs

Ousama Ranking foi Suspenso em Inglês por "Roubar" as Traduções dos Fãs

Ousama Ranking foi Suspenso em Inglês por "Roubar" Traduções de Fãs

A editora BookLive anunciou no final de março que suspendeu a distribuição da versão em inglês do mangá Ousama Ranking (Ranking of Kings), que é escrito e ilustrado por Sousuke Touka. A editora anunciou que a versão em inglês do mangá vai passar por um processo de reformulação. 

BookLive começou a distribuir os primeiros sete volumes do mangá em inglês no dia 18 de fevereiro, mas os leitores apontaram erros de digitação e traduções. Os clientes que já compraram os livros em inglês poderão baixar a versão retraduzida gratuitamente quando for revisada.

Ousama Ranking foi Suspenso em Inglês por "Roubar" Traduções de Fãs

‎Foi assim que a situação foi explicada "‎‎oficialmente‎‎", mas na realidade a suspensão foi feita porque foi exposto que eles pegaram as traduções dos ‎‎scanlators‎‎ (grupos de usuários que traduzem os mangás na internet), ou seja, pegaram as traduções de fãs da obra ilegalmente e publicaram como sendo a tradução oficial da editora. 

Um site especializado explicou o seguinte:
Mais uma vez, estamos diante de uma empresa que pode facilmente pagar mais por um produto de qualidade, mas que, mesmo assim, decide tentar seguir o caminho mais barato. Ao contratar uma agência, a BookLive certamente economizou dinheiro. E você pode ter certeza de que a agência, Digital Dragon, não pagou um bom salário ao tradutor. Parece que a agência contrata talentos indonésios. Ouvi dizer que as agências pagam aos tradutores que vivem em países do primeiro mundo 100 ienes por página, o que basicamente não é nada. E como o custo de vida na Indonésia é extremamente baixo, eu não ficaria surpreso se a agência pagasse a seu tradutor da República da Coréia uma fração disso. Sem surpresas, o tradutor não quis saber do trabalho e se contentou em copiar a já terrível digitalização. É uma situação triste e patética no geral.

Ele continuou: 
BookLive poderia ter contratado um tradutor respeitável que tinha um bom número de páginas e um bom currículo. Sim, teria custado um pouco mais. Mas qual é o custo real da má decisão da BookLive? Aposto que a maioria dos leitores de mangá em inglês nunca ouviu falar da BookLive, e agora seu primeiro encontro com a empresa é essa notícia embaraçosa. Acho que todos deveriam dar uma olhada no artigo da Katrina Leonoudakis, no qual ela comparou linha por linha as versões da BookLive com as traduções dos fãs. 

A tradutora mencionada acima, Katrina Leonoudakis, fez o seguinte comentário sobre o assunto: 
Eu digitei e examinei manualmente todas as 826 linhas de diálogo do primeiro volume de Ousama Ranking para comparar a versão oficial com a versão dos fãs. 42% de todo o diálogo no capítulo 1-3 da "tradução" oficial é tirado diretamente dos scanlators‎‎, confirmando assim o "suposto plágio". Como a tradução dos fãs é feita ilegalmente, ela não é protegida direitos autorais, então, não existe nada para ser feito.

Ousama Ranking foi Suspenso em Inglês por "Roubar" Traduções de Fãs

Ousama Ranking foi Suspenso em Inglês por "Roubar" Traduções de Fãs

O autor Touka começou a publicar o mangá Ousama Ranking (Ranking of Kings) de forma independente por meio do portal Manga Hack e em maio de 2017. Em fevereiro de 2019 a editora Kadokawa iniciou sua publicação em papel.

A obra inspirou uma adaptação para anime que teve um total de 23 episódios e estreou no dia 14 de outubro 2021 no Japão. A Funimation foi a responsável pela sua distribuição no Brasil. 

Sinopse de Ousama Ranking

Bojji é um príncipe surdo a quem falta poder e habilidade de empunhar a espada. Ele também é o herdeiro do trono e tem grandes esperanças para seu futuro. Depois de encontrar um amigo na sombra Kage, Bojji embarca em sua grande aventura para se tornar o maior rei que o mundo já viu.

fonte: ANN
Manual do Otaku

"Uma chance num milhão é melhor que nenhuma chance!" – Dragon Ball

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem