Após Desastre de Tokyo 24-ku, o Diretor Kiminori Itou Deixou o estúdio CloverWorks

Após Desastre de Tokyo 24-ku, o Diretor Kiminori Itou Deixou o estúdio CloverWorks

Após Desastre de Tokyo 24-ku, o Diretor Kiminori Itou Deixou o estúdio CloverWorks

Kiminori Itou, que recentemente participou da produção do anime Tokyo 24-ku (Tokyo Twenty Fourth Ward), que é uma produção original do estúdio CloverWorks, como diretor de animação (eps 1 e 7), diretor de animação da sequência de abertura e designer de sub-personagens, fez uma postagem em seu twitter com a seguinte mensagem: "Adeus CloverWorks!".

Após Desastre de Tokyo 24-ku, o Diretor Kiminori Itou Deixou o estúdio CloverWorks

O interessante é que apenas 90 minutos depois, ele publicou uma segunda foto em seu twitter com a seguinte mensagem: "Olá MAPPA!". Isso mesmo, Itou mudou de empresa, saindo do estúdio CloverWorks e entrando no estúdio MAPPA. No entanto, essa troca não é tão superficial quanto parece ser.

Após Desastre de Tokyo 24-ku, o Diretor Kiminori Itou Deixou o estúdio CloverWorks

Vale lembrar que no final de dezembro de 2021, Itou comentou que a produção do anime Tokyo 24-ku (Tokyo Twenty Fourth Ward), "estava na merda". Desde o dia 24 de outubro, ele destacou que o estúdio estavam produzindo três animes para a  temporada de inverno 2022 (janeiro ~março), e que o anime que lhe foi atribuído não estava tendo nenhuma prioridade.

A CloverWorks tem 3 animes para janeiro, O fato de Tokyo 24-ku (Tokyo Twenty Fourth Ward) ter sido anunciado por último é porque o cronograma está atrasado, eu acho...

A partir de então, ele faria uma série de publicações relatando que "a produção estava um inferno" e que o estúdio estava terceirizando muitos funcionários estrangeiros para dar suporte à produção. Você pode conferir nossa matéria com os comentários do diretor clicando AQUI.

O anime Tokyo 24-ku (Tokyo Twenty Fourth Ward), teve dois atrasos até o momento, adiando a transmissão do seus sétimo (16 de fevereiro) e décimo (17 de março) episódios por uma semana, devido a problemas na produção. Todos esses problemas com a produção, a baixa audiencia do anime e principalmente a pouca prioridade que o estúdio estava dando pra em a série, deve ter levado o diretor a trocar de estúdio.

Manual do Otaku

"Uma chance num milhão é melhor que nenhuma chance!" – Dragon Ball

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem