Loja na Malásia Censurou a Capa do 12º Volume de Jujutsu Kaisen

Loja na Malásia Censurou a Capa do 12º Volume de Jujutsu Kaisen

Loja na Malásia Censurou a Capa do 12º Volume de Jujutsu Kaisen

Uma postagem feita no Reddit revelou que uma loja na Malásia  resolveu censurar a capa do 12º volume do mangá de Jujutsu Kaisen. Para quem não sabe, a capa do volume em questão mostra a personagem Mei Mei nua, e para evitar problemas, a loja resolveu colar um papel por cima do plástico do mangá e assim censurar parte do corpo da personagem.

De acordo com os comentários não é a primeira vez que lojas na Malásia aplicam esse tipo de censura, mas ao menos ela foi encima do plástico do mangá, podendo ser removida após a compra do volume em questão.

Loja na Malásia Censurou a Capa do 12º Volume de Jujutsu Kaisen

O autor Gege Akutami começou a publicar o mangá Jujutsu Kaisen na revista Semanal Shonen Jump da editora Shueisha em março de 2018. A peça inspirou uma série de anime de 24 episódios que foi ao ar no Japão entre outubro de 2020 a março de 2021.

Sinopse de Jujutsu Kaisen

Sofrimento, arrependimento, vergonha: os sentimentos negativos dos humanos tornam-se Maldições, causando terríveis acidentes que podem levar até mesmo à morte. E pra piorar, Maldições só podem ser exorcizadas por outras Maldições. Certo dia, para salvar amigos que estavam sendo atacados por Maldições, Yuji Itadori engole o dedo do Ryomen-Sukuna, absorvendo sua Maldição. Ele então decide se matricular no Colégio Técnico de Feitiçaria de Tóquio, uma organização que combate as Maldições... e assim começa a heróica lenda do garoto que tornou-se uma Maldição para exorcizar uma Maldição.

Manual do Otaku

"Uma chance num milhão é melhor que nenhuma chance!" – Dragon Ball

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem