O Anime Orient Divulgou novo Visual e Revelou que vai Antecipar Dois Episódios

O Anime Orient revelou uma nova Imagem Promocional

No site oficial do anime Orient, que é uma adaptação do mangá escrito e ilustrado por Shinobu Ohtaka, foi postada uma nova imagem promocional do projeto. O comunicado à imprensa confirmou que a série terá uma estreia antecipada de seus dois primeiros episódios em um evento especial agendado para o dia 12 de dezembro 2021 no Makuhari International Training Center, em Tóquio.

O anime tem estreia marcada para janeiro de 2022 no Japão.

O Anime Orient revelou uma nova Imagem Promocional

O autor Ohtaka começou a publicar o mangá na revista Weekly Shonen Magazine da editora Kodansha em maio de 2018. O trabalho foi transferido para uma publicação mensal na revista Bessatsu Shonen Magazine no início deste ano. Shinobu Ohtaka é conhecido por ser o autor de mangás como Magi Magi: Sinbad no Bouken e Sumomomo Momomo: Chijou Saikyou no Yome, todos os quais inspiraram adaptações de anime. Além disso, ele recentemente atuou como designer de personagens no Studio VOLN e no anime original Back Arrow do diretor Goro Taniguchi.

Elenco de voz

  • Yuuma Uchida como Musashi.
  • Souma Saitou como Kojirou Kanemaki.
  • Rie Takahashi como Tsugumi Hattori.
  • Satoshi Hino como Naotora Takeda.

Equipe de produção

  • Tetsuya Yanagisawa (Shattered Angels, High School DxD, Senran Kagura Shinovi Master) está dirigindo o anime no estúdio ACGT.
  • Makiko Kunisawa (Ascendance of a Bookworm, Magimoji Rurumo, Hatsukoi Limited) é responsável por escrever e supervisionar os scripts.
  • Takahiro Kishida (Serial Experiments Lain, Baccano!, Haikyu!!) é o responsável pelo design dos personagens.
  • Hideyuki Fukasawa (Fate/stay night: Unlimited Blade Works, Flowers of Evil, Katsugeki: Touken Ranbu) é o responsável pela composição da trilha sonora.


Sinopse de Orient

Com dez anos de idade, os amigos Musashi e Kojiro sentavam empolgados para escutar as histórias do pai de Kojiro sobre demônios que caçavam inocentes e sobre os guerreiros que os derrotavam. Animados com as histórias, os dois praticavam o uso da espada, ambos visando se tornar os mais fortes do mundo. Porém, depois de crescerem, Kojiro se torna uma pessoa mais cética e Musashi percebe que não pode lidar sozinho com um mundo liderado há 150 anos por demônios. Sendo chamado de prodígio com uma picareta em mãos, Musashi está prestes a entrar em uma vida inteira de trabalho braçal, porém ele não consegue se livrar do sentimento que precisa fazer alguma coisa e, logo, as injustiças de seu mundo o forçam a tomar uma atitude.

fonte: natalie
Manual do Otaku

"Uma chance num milhão é melhor que nenhuma chance!" – Dragon Ball

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem